Biografia

Precisar quando a história do cantor Luan Santana, começou é tarefa difícil. Nascido 13 de março de 1991, já aos três anos de idade na sua cidade natal, Campo Grande – MS, ele chamava atenção de toda a família com os acordes afinados das músicas sertanejas que não parava de cantar. Clássicos como “Muda de vida”; “Chico Mineiro” e “Cabocla Tereza” eram interpretados por Luan, sem nenhum erro na letra ou no timbre. Percebendo o seu talento, o pai deu de presente um violão, para incentivar ainda mais o pequeno cantor. A partir desse momento as apresentações ganharam uma atração a mais, Luan cantava e “tentava” dedilhar algumas notas musicais no instrumento, que se tornou inseparável a partir daí.

Com a insistência de amigos e familiares, aos 14 anos Luan Santana faz uma festa onde realizou sua primeira gravação. O local escolhido foi a cidade de Jaraguari (MS), cidade natal dos seus pais e vizinha a Campo Grande. A principal música do repertório escolhido para aquele dia era “Falando Serio”, que até então, inédita e carro chefe nas suas apresentações.

Com um gravador amador, Luan Santana fez seu show naquele dia, que foi registrado como o primeiro CD. Mas ele não aprovou o resultado final, e acabou quebrando o CD por não ter gostado da qualidade do som. Já um amigo, ficou com uma cópia e acabou colocando no Youtube o que rapidamente acabou se espalhando e sendo aprovado pelo público que começou a pedir a música nas rádios de Mato Grosso do Sul, Goiás, Rondônia e Paraná.

Mas foi no dia 11 de agosto de 2007, na pequena cidade de Bela Vista (MS) que Luan Santana subiu ao palco pela primeira vez. Na época, Luan não cantava profissionalmente, nunca havia gravado sequer uma música em estúdio, mas foi contratado para este show devido o sucesso que ele fazia nas rádios da região com a música “Falando Sério”.

A partir daí, a agenda de Luan começou a ser dividida entre os estudos e os shows que começaram a ser marcados. Com agenda lotada de shows durante todo o ano de 2008, Luan Santana não podia parar para entrar em estúdio e gravar o segundo CD, então ele decidiu que o trabalho seria ao vivo e gravado em diversas cidades do Brasil por onde apresentava seu show.

Assim que o CD ficou pronto, em janeiro de 2009, duas músicas começaram a aparecer como as preferidas do público de Luan Santana – “To de Cara” e “Meteoro” com isso, ele começa a ser um dos artistas mais executados das rádios do Brasil e em poucas semanas o vídeo “Meteoro” atinge a marca de 10 milhões de acesso no Youtube.

O verão de 2009 começa com a explosão do jovem cantor, Luan que quebra todos os recordes de público pelas cidades onde se apresenta conquistando cada vez mais fãs e seguidores por onde passa.

Com o sucesso das músicas deste segundo CD, em agosto ele é convidado a participar da “Festa do Peão de Barretos” e se apresentou para um público de 50 mil pessoas, que cantam junto com ele seus principais sucessos.

Luan recebeu destaque da mídia especializada de Barretos que o consideraram um dos maiores exemplos de “fenômeno da música sertaneja” e afirmaram que ele despontaria para o sucesso com certeza a partir dali.

Naquele ano de 2009 a agenda de Luan Santana fechou com a marca de 300 shows realizados pelo Brasil, com média de 25 apresentações por mês, provando que a mídia especializada estava certa. Luan Santana era mesmo o maior exemplo de fenômeno da música sertaneja.

Primeiro DVD

Contratado pela gravadora Som Livre, em novembro de 2009, Luan lança seu primeiro DVD que foi gravado em agosto do mesmo ano no Parque das Nações Indígenas em Campo Grande. Nesta gravação, Luan Santana reuniu em uma terça-feira, 85 mil pessoas para esta sua única apresentação e bateu seu próprio recorde de público, que antes era de 70 mil pessoas em um show realizado em junho no Parque de Exposição.

O novo trabalho chega às lojas em dezembro e em poucos meses o cantor já é premiado com o CD/DVD Duplo de Platina, registrando a marca de 300 mil CD/DVD vendidos e fechando o ano de 2010 como o maior vendedor de discos do Brasil, segundo a ABPD (Associação Brasileira dos Produtores de Disco).